sábado, 26 de março de 2011

Herança maravilhosa


“Louvai ao SENHOR! Bem-aventurado o homem que teme ao SENHOR, que em seus mandamentos tem grande prazer.”
Salmo 112.1

Deus deve ser louvado por tudo: pela nossa vida, pelo ar que respiramos, pela mente que temos, enfim, por todas as boas coisas que Ele preparou para nós. Somos o sonho dEle, e nós, que somos convertidos, alcançamos a posição de Seus filhos. Esse posto não foi conquistado por um decreto nem porque o Senhor viu que precisava de nós, mas, sim, pelo fato de Ele nos amar de tal maneira que deu o Seu único Filho para morrer em nosso lugar (Jo 3.16). Então, quem aceita Jesus como Salvador fica livre para sempre da perdição eterna e passa a fazer parte da família divina.
Agora, assumindo tal posição, não devemos deixar o diabo encher o nosso coração de orgulho e, assim, passarmos a desprezar os não salvos. Precisamos ter cuidado para não evitarmos as pessoas perdidas que Deus coloca à nossa frente! Ele faz isso porque ama o pecador e nos ama. Ao perdido Ele dará a salvação e a nós, a recompensa. O Altíssimo tem um carinho muito grande pelos perdidos, senão eles não subsistiriam. Por esse motivo, nós, salvos, temos a obrigação de buscar do Senhor a sabedoria para levarmos o conhecimento do Altíssimo aos que jazem nas trevas.
A maior bênção que recebemos dos Céus, depois da salvação, foi a de temer o Senhor. Isso nos faz evitar o pecado, desprezar as ofertas do maligno e amar o Senhor de todo o coração. Amar a Deus é ter os Seus mandamentos e guardá-los (Jo 14.21). Quem recebe as ordens divinas e obedece a elas descobre que os celeiros do Senhor estão abarrotados de bênçãos infindáveis à espera dos fiéis. Aquele que O temer será bem-sucedido em tudo o que empreender.
Não basta apenas ter os mandamentos e cumpri-los. Na verdade, a pessoa que deseja realmente ser feliz precisa orar e esforçar-se para ter grande prazer no que o Senhor manda que ela faça. Quem executa a obra de Deus de qualquer maneira e se deixa levar por interesses mesquinhos na realização do que o Pai ordena descobre que serviu ao diabo, e não a Deus.
Como uma pessoa, com algum propósito sujo em mente, pode falar de Deus para alguém? Está escrito que maldito é aquele que faz a obra do Senhor relaxadamente (Jr 48.10). Os que temem o Senhor obtêm muito sucesso, pois eles se consagram ao Pai, vivem com a Palavra no coração, esforçando-se para agradar em tudo ao Altíssimo. Jamais são abandonados e, quando oram, são atendidos.
R.R. Soares
Na benção,
Letícia Fernandes

1 comentários:

Ao toque do Amor disse...

oie..passando pra deixar o meu toque de carinho e amizade
san